Cammino Digital

Como o frete interfere nas conversões do seu E-commerce?

O custo do frete é um dos maiores vilões quando falamos da conversão em vendas de uma loja virtual. Estudos mostram que o preço do frete pode representar até 55% dos carrinhos abandonados nas lojas virtuais. Esse valor foi coletado somente a partir das pessoas cadastradas no site. Se formos considerar também aquelas que abandonaram o carrinho sem ainda ter feito seus cadastros, esse número pode chegar a 70%.

Além dos custos, existem outros problemas associados ao frete que também atrapalham na conversão final. Fique atento e veja se o seu e-commerce está resolvendo bem estas questões.

Velocidade no cálculo

O cálculo do valor do frete precisa ser ágil para que o cliente não fique esperando muito tempo até que saiba o valor final que deve pagar na compra. Porém, em períodos mais intensos de compra, como épocas festivas ou Black Friday, por exemplo, os gateways de frete podem ficar indisponíveis ou demorar para responder o cálculo do valor do frete, o que interfere na finalização da compra.

 

Informações de valores e prazos erradas

Alguns e-commerces apresentam aos seus clientes valores de frete e prazos de entrega utilizando tabelas que não estão em sincronicidade com o próprio gateway do serviço de entrega, ou seja, podem estar contendo informações defasadas sobre este tipo de serviço. Tal prática muitas vezes apresenta cálculos errados e acabam frustrando o cliente na hora em que ele for pagar o valor real da transação.

Verifique periodicamente, você mesmo através de testes com CEPs para algumas regiões, se o valor que a sua loja apresenta é de fato o valor que está pagando à transportadora ou Correios.

 

Poucas opções de frete

As vezes, por conta da limitação de algumas plataformas de e-commerce, os lojistas utilizam apenas uma tabela de valores e prazos de entrega.

A complexidade e dificuldade em manter os dados atualizados e centralizados leva o lojista a permanecer com preços e prazos limitados, colocando o consumidor como refém de apenas uma opção. Se essa opção de frete não for viável, o consumidor buscará outra alternativa com o concorrente e você perderá a venda.

 

Alternativas para reduzir a perda

Deu para perceber que quando pensamos em frete, não são apenas os custos de frete que afetam a sua conversão, mas sim toda a mecânica e conveniência em torno dele.

Para operar com uma taxa de conversão mais saudável, é interessante pensar em quais ações você pode fazer em relação ao frete.

O frete grátis pode, de fato, ser um bom argumento para não perder venda, e deve ser considerado como um custo necessário para a aquisição de clientes, assim como existem custos com o marketing.

Ao trabalhar com frete grátis, você deve divulgá-lo estrategicamente ao seu cliente, e pode oferecer este benefício para clientes fiéis à sua loja, por exemplo, ou para aqueles que estão fechando uma compra acima de determinado valor.

Outra dica é disponibilizar o frete grátis para a aquisição de determinados produtos apenas, e não a todos os itens de sua loja, o que pode variar de acordo com os produtos que você deseja que tenha mais saída ou que te permite mais margem para queimar.

Se você tem o privilégio de ter um e-commerce que vende produtos de alta recorrência, recomendo que use o frete grátis como uma forma de trazer novos clientes para dentro do seu negócio. Uma vez que experimentem o seu produto ou serviço, tendo pouca ou nenhuma barreira nesta primeira compra, estes mesmos clientes devem retornar e fazer novas compras considerando os custos de frete.

Percebeu como o frete é algo significativo no seu negócio? A experiência de compra dos consumidores em sua loja é determinante para que ele compra mais de uma vez e, mais do que isso, para que ele indique a sua loja para amigos e familiares.

Sabendo disso, pense em como você deve driblar os obstáculos deste vilão para não perder vendas e ainda fidelizar clientes.

Share on Facebook10Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0
publicado por Renato Cruz em 08 set 17