Cammino Digital

Conheça as 5 tendências de tecnologia para PMEs

Mesmo em tempos de crise, são as pequenas e médias empresas que seguram o mercado no Brasil e respondem pela maior quantidade de empregos gerados. Estudos recentes do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) e do Ministério do Trabalho e do Emprego demonstram que as PMEs concentram mais ou menos 70% dos empregos formais no país. Só que o crescimento dessas organizações nos últimos anos também se deve ao maior acesso às soluções tecnológicas e métodos — antes acessados apenas pelas empresas de maior porte ou grandes corporações.

Algumas tecnologias usadas nas gigantes do mercado já têm sido implementadas com sucesso nas PMEs, aumentando sua competitividade. Que tal dar uma olhada nas tendências de tecnologia para os pequenos e médios negócios para que você fique atualizado e já comece a pensar em estratégias para seu empreendimento não ficar para trás? Veja as tendências de tecnologia para PMEs!

Migração dos serviços para a nuvem

Mais e mais PMEs têm tomado decisões de TI propícias à implementação do cloud computing. Essa tecnologia permite ganhos de eficiência e melhorias de mobilidade para os funcionários da empresa, já que os dados armazenados na nuvem podem ser acessados de qualquer lugar. Além do mais, é possível evitar a subutilização de recursos, pensando em um serviço escalável, e as atualizações de softwares, antivírus e demais programas são feitas de forma automática, sem que sua equipe precise se preocupar tanto e sem que a empresa gaste com licenças.

Internet das Coisas

A ideia é conectar os vários objetos simples do cotidiano cada vez mais com a rede. Isso pode incluir desde um automóvel com reconhecimento de rosto do motorista, o que evitaria roubos, e adições de dados aos mapas orientadores por GPS, por exemplo, ou até eletrodomésticos inteligentes, como uma geladeira que te avisa quando algum produto está acabando ou um sistema de iluminação todo conectado e controlado pelo celular.

Impressora 3D

Certos métodos inovadores de geração de manufaturados, com destaque para a impressão 3D, vão permitir que as empresas produzam pequenos lotes de produtos voltados para um nicho de mercado ou demandas em volumes sazonais, por exemplo. Além disso, a possibilidade de construir protótipos e validar o conceito do projeto antes de investir na produção em escala do produto é uma imensa vantagem do uso de uma impressora 3D. Os progressos em qualidade e a redução de custos aplicáveis a essa tecnologia vai torná-la cada vez mais acessível aos gestores e donos de empresas de menor porte.

Novos métodos de pagamento

O recebimento de recursos por meios de pagamento digitais é uma inclinação quase evidente, e será cada vez mais adotada por todos os empreendimentos, principalmente para facilitar a migração dos negócios para o e-commerce. Além das operadoras habituais, as administradoras de cartão de crédito e gateways de pagamento, são possíveis as coberturas feitas em moedas digitais, como o Bitcoin, por exemplo. As empresas vão investir nas opções que mais trarão benefícios ao seu nicho de mercado e tipo de atividade.

Soluções mobile

Com a adoção de aplicativos e equipamentos amigáveis ao mobile, seus colaboradores podem trocar informações com muito mais rapidez e se comunicarem à distância, mesmo ausentes do escritório ou de seus espaços tradicionais de trabalho. Otimiza-se o tempo e reduz-se o custo de comunicação.

Não pense que investir em tecnologia é algo superficial e que não vai ajudar em seu negócio. Ao contrário: soluções tecnológicas bem pensadas poderão ser o diferencial da sua PME no mercado.

Que tecnologia recente você já adotou na sua empresa? Divida conosco sua experiência!

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0
publicado por Renato Cruz em 25 set 15