Cammino Digital

Dashboards para Gestores de E-commerce

Vamos começar pelas KPI’s. O que são KPIs?

Kpi é o nome dado aos indicadores chave de desempenho e em inglês são chamados de Key Performance Indicator. Essas são as métricas, definidas pelo gestor da empresa, para conseguir avaliar e medir o processo de gestão, ou seja, se a empresa está conseguindo atingir as metas, por exemplo. Como o número de dados e relatórios é muito grande, o KPI ajuda a não perder o foco no meio de tanta informação.

Dashboard e KPI

O Dashboard, que também é chamado como painel de bordo, é a forma como os KPIs são visualizados pelos gestores e funcionários e ajuda os mesmos a terem uma perspectiva ampliada sobre a empresa. Deste modo, as tomadas de decisão e o processo de análise de dados são realizados de maneira mais consolidada.

Vale ressaltar que o recurso serve para orientar os gestores, mas que é de suma importância que essa criação de dados consolidados esteja alinhada com a estratégia da empresa, pois de nada serve um grande volume de informação sem objetivo algum.

Dashboard para e-commerce

Através dos Dashboards criados para e-commerce se torna possível acompanhar, em tempo real, os principais indicativos de performance da empresa. Nesses painéis especiais para lojas virtuais é importante ter, de forma separada por canais, informações como: busca orgânica, e-mails transacionais, Google adwords, Referências, Redes Sociais, Cupons Utilizados, Newsletters, Campanhas, entre outros.

Como criar um dashboard para e-commerce?

O primeiro passo é definir quais são os dados relevantes para serem monitorados, ou seja, os KPis, levando sempre em conta a estratégia da empresa.

Tráfego total, transações efetuadas, faturamento bruto, lucro líquido, taxa de conversão, taxa de abandono e o valor do ticket médio, são exemplos de KPIs importantes a serem analisados em se tratando de uma loja virtual. Após, é só configurar quais serão as fontes de origem, pois os resultados precisam ser confiáveis.

Como as informações são rápidas, algumas dicas ao criar o dashboard para e-commerce podem ajudar para que a interpretação dos dados seja feita de maneira clara.

Podemos citar como exemplo a inclusão de símbolos e ícones para a leitura ser mais

intuitiva, a escolha de cores suaves e com contraste, uma seleção de textos com relevância e de gráficos que sejam apropriados.

E quais são as vantagens?

O acompanhamento do Dashboard para e-commerce ajuda na percepção dos resultados e relacionamentos da empresa. Entre os principais benefícios que esse recurso oferece, podemos citar:

Monitoramento de Indicadores e Métricas

Como o monitoramento é feito com base nos indicadores dos processos da empresa, o uso de Dashboard é fundamental para que o controle e a análise dessas informações sejam feitas de forma organizada. Desse modo, é possível a identificação de erros ou de oportunidades, além da elaboração de previsões diante de diferentes cenários.

Otimização do processo

Com a análise dos problemas identificados, o gestor pode elaborar ações ou mudanças para que essas falhas fiquem menores ou até sejam eliminadas, fazendo com que os resultados sejam melhores.

Otimização de tempo

A partir do monitoramento dos indicadores, é possível saber se os métodos de trabalho estão sendo eficazes, se o tempo dedicado a eles não está sendo suficiente ou até mesmo se está sendo usado esforço demais para resultados insignificantes em se tratando do que se espera. Deste modo, os métodos de trabalho podem ser modificados e melhorados, eliminando atividades dispensáveis.

Redução de riscos

Com a organização das informações e o monitoramento das mesmas em tempo real, os riscos também são controlados e, consequentemente, reduzidos. Por exemplo, identificando qual é o número de entregas que são realizadas com atraso, é possível analisar o indicador de pessoas insatisfeitas que podem, eventualmente, procurar os concorrentes. Portanto, reduzindo os riscos, os resultados da empresa podem aumentar ainda mais.

Integração das equipes

É muito importante que os dashboards fiquem sempre visíveis, fazendo com que todas as equipes tenham acesso às informações contidas nele. Essa é uma maneira de promover

integração entre as equipes, fazendo com que a colaboração seja ainda maior.

Tendências

Com o acompanhamento das informações através dos Dashboards, é possível a criação de estimativas de tendências. Deste modo o gestor consegue perceber de maneira mais clara quando é necessário realizar uma ação, fazer uma intervenção ou até mesmo esperar um resultado acima do esperado.

Alinhamento com a estratégia

Os painéis são criados tendo como base as informações úteis para a estratégia da empresa e deste modo, o objetivo que a mesma pretende alcançar sempre estará em foco.

Esse alinhamento permite que a gestão seja feita de maneira mais eficaz e objetiva, sem perder de vista os resultados que a empresa está trabalhando para conquistar.

Cultura empresarial

Com o Dashboard sempre visível também é criado uma cultura empresarial que está sempre focada nos resultados. Essa cultura é saudável para que a empresa funcione de maneira unida e concentrada nas metas que deseja alcançar.

Conclusão

Verificamos, portanto, que apenas colocar uma loja virtual na rede não é tarefa difícil, mas que para que ela dê certo é necessário que os clientes tenham facilidade em encontrá-la, além de conseguirem entender a proposta da empresa, quais são as ofertas e principalmente, poderem realizar a compra desejada sem problemas ou estresse.

O dashboard é, portanto, uma ferramenta muito importante para facilitar o dia a dia da gestão, pois através da visualização de informações e dados acontece uma melhoria na tomada de decisões estratégicas e operacionais. A gestão se torna mais prática, ágil e consistente, podendo assim, fazer com que a empresa gere mais lucro.

Fica claro também, que colocar muitas informações em um dashboard não é a maneira correta de monitorar os resultados. O caminho é colocar apenas as necessárias, de forma alinhada com a estratégia da empresa.

Caso as perguntas que a empresa quer que sejam respondidas através de dados ainda não estejam definidas, é recomendado que essa definição seja realizada antes da criação do dashboard.

Vale dizer também, que embora o dashboard ajude de forma muito positiva a gestão,

o pensamento analítico é fundamental para que se tenha sucesso!

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0
publicado por cammino em 05 nov 18