Cammino Digital
E-commerce B2b

E-commerce B2B: 6 ótimas razões para você começar

Se você trabalha com e-commerce ou é envolvido no meio digital, provavelmente já deve ter ouvido falar sobre E-commerce B2B, mas você sabe o que é? O assunto é relativamente novo para muita gente, mas já conquistou várias empresas.

Chega mais, vamos falar um pouco a respeito desta modalidade de comércio que beneficia as indústrias e distribuidores.

O mercado está mudando rapidamente e muitas empresas estão se rendendo a um canal de vendas online para os seus negócios. O B2B significa Business to Business, que é uma sigla usada no comércio para definir transações comerciais entre empresas. A venda é feita para distribuição e não consumidores finais.

Vamos explicar algumas razões e vantagens em adotar o e-commerce B2B no seu negócio.

1. Maior eficiência nas vendas

O processamento de uma venda através de telefone ou visitas comerciais demanda muito tempo – e tempo é dinheiro! Um portal de vendas online poupa muito tempo, uma vez que você não precisará ter um representante disponível algumas horas por dia para atender telefones, informar preços, negociar pedidos e registrar a venda.

2. Um melhor serviço aos seus clientes

Na internet – e em vários segmentos da economia – tudo ocorre de forma muito rápida. Os clientes querem ter acesso às informações de forma ágil e querem também se sentir capazes de comprar rapidamente os produtos que necessitam. Um e-commerce B2B atende bem a essa expectativa e vai satisfazer seus consumidores!

3. Aumento da receita

Você poderá aumentar a receita de sua empresa com oportunidades cross-selling (é a prática em que você oferece aos seus clientes produtos complementares àqueles que já foram ou estão sendo adquiridos) e up-selling (quando você apresenta produtos “Premium” ao seu cliente, que tem maior valor agregado, encorajando-o a gastar um pouco mais, mas fornecendo em troca um melhor produto/serviço), bem como a capacidade de estar aberto e disponível para fazer negócios 24 horas por dia, 7 dias por semana! O potencial para entrar em novos mercados aumenta bastante também com maior visibilidade e a disponibilidade de uma loja online.

4. Melhor cobertura comercial

Por mais que uma empresa tenha representantes comerciais em vários estados, ainda assim não consegue atender todos os potenciais clientes que pode alcançar. Os clientes com pouca demanda acabam não sendo atendidos com a atenção que deveriam e a empresa acaba perdendo em receita. Um e-commerce B2B resolve isso pois está disponível para todos e tem a capacidade de atender da mesma maneira um cliente que está a 2.000 quilômetros, quanto aquele que está a alguns quarteirões de distância.

Não existem barreiras geográficas que tornem o negócio economicamente inviável e ainda abre um leque de regiões que dificilmente seriam atendidas presencialmente.

5. Maior economia

Quanto mais representantes nas ruas, maior o número de material para distribuição, como catálogos, cartazes e outros impressos, correto? Criar os catálogos, produzir e entregar é muito caro. Quanto maior a qualidade do material de impressão e maior número de páginas, mais caros ficarão. Sem contar que, dependendo do tipo de mercado, ficam obsoletos rapidamente, por exemplo indústrias que trabalham com moda e tendências. Um outro fator a ser considerado: viagens! As viagens para que os representantes visitem seus clientes geram altos valores de hospedagem e deslocamento, sendo muitas vezes inviável – o que acaba com a chance de venda e aquisição de novos clientes.
Com o e-commerce B2B há uma grande economia, tanto com os impressos – que podem ficar disponíveis no site e até mesmo com uma melhor qualidade de imagens e informações, quanto com os deslocamentos geográficos, que além de não serem necessários, o fato de todas as informações estarem reunidas em um só lugar e terem uma abrangência nacional, possibilita aquisição de novos clientes.

6. Possibilidades de customização e regras

A customização permite um excelente atendimento e uma melhor experiência ao cliente, uma vez que a adaptação de produtos e serviços de acordo com a satisfação do consumidor deve sempre ser levada em conta. Ela pode ser tratada como uma estratégia de captação e manutenção de clientes. Outro diferencial do B2B é a possibilidade de regras diferenciadas de acordo com o seu modelo de negócios.

No e-commerce B2b deve ser possível gerenciar regras de acordo com alguns critérios:

  • Preços e/ou detalhes técnicos visíveis apenas para clientes registrados
  • Tabela de preços diferenciados por grupo de cliente
  • Preços e produtos diferenciados por região
  • Regras de desconto por relacionamento
  • Condições de pagamento diferenciado por grupo de cliente
  • Regras para pedido mínimo
  • Entre outras customizações

E então, você já pensou em investir em um e-commerce B2B? O que achou destas 6 dicas? Espero que este artigo tenha contribuído, caso esteja considerando experimentar vender online, pois hoje praticamente não há barreiras de entrada para quem quer vender via e-commerce, seja para o consumidor final ou para outras empresas.

Se você já utiliza uma plataforma B2B, compartilhe sua experiência com a gente, queremos saber sua opinião. E no mais, estamos aqui para ajudar. Conte conosco!

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0
publicado por Renato Cruz em 19 ago 16