Cammino Digital
fraude do boleto - como evitar

Fraude de boleto: como evitar esse problema

O e-commerce está em constante crescimento no Brasil e o boleto bancário tem sido bastante utilizado para a realização de pagamentos dessa natureza. Por esse motivo, essa modalidade de pagamento vem sendo muito visada para fraudes.

Segundo a RSA, empresa de segurança eletrônica, a fraude da “Gangue do Boleto”, como ficou conhecido o grupo de hackers que atua na falsificação desse documento, já atingiu mais de 192 mil computadores. De acordo com uma matéria da Revista Info, mais de 496 mil boletos falsos foram gerados no valor de até R$1500, totalizando um montante de cerca de R$8,5 bi.

Ficou preocupado e não sabe como evitar esse problema? Então confira tudo o que você precisa saber para proteger a sua loja virtual dessa situação:

Como ocorre a fraude do boleto

Antes de saber como se precaver ou mesmo solucionar o problema, é importante entender como ele ocorre e quais os sinais que podem indicar uma tentativa de fraude.

A fraude acontece por meio de um Malware, um tipo de software falso desenvolvido para infiltrar em computadores e realizar alterações no sistema, acarretando danos e roubo de dados. Ele é conhecido como Bolware e atua identificando quando um de seus clientes opta pelo boleto como forma de pagamento no checkout de seu e-commerce.

O Malware altera os dados do boleto, fazendo com que a linha digitável contenha dados de uma conta bancária na qual o atacante tem acesso. Além disso, ele insere espaços no código de barras para torna-lo inválido, forçando a vítima a digitar os números para efetuar o pagamento.

Como prevenir um ataque ao seu e-commerce

Em parte, a prevenção desse tipo de fraude cabe ao consumidor, que deve tomar cuidado ao acessar sites de procedência duvidosa e clicar em links desconhecidos recebidos por e-mail. Essas são as fontes que mais propiciam a invasão de vírus nos computadores.

Contudo, o empreendedor pode solicitar à equipe responsável pelo desenvolvimento da plataforma para dificultar a ação dos ataques, alterando códigos comuns entre a maioria dos boletos. Uma prática comum é fazer a troca da linha digitável do boleto por uma imagem.

Sempre conte com profissionais especializados que estejam atualizados sobre as vulnerabilidades e que possam trata-las o mais rápido possível.

Onde esse problema tem sido mais freqüente

Segundo a RSA, a fraude do boleto tem ocorrido, em sua maioria, na região Sudeste do Brasil e 75% dos computadores atacados utilizam como sistema operacional o Windows 7. Os consumidores com contas de e-mail do Hotmail são os mais afetados.

Como lidar quando algum de seus clientes é afetado pela fraude do boleto

A melhor forma de lidar com esse problema é prevenindo-o. Por isso, é importante que você demonstre essa preocupação com seu cliente, informando-o sobre os cuidados necessários para que eles não sejam atingidos por essa fraude.

Informe a ele no envio do boleto, por exemplo, sobre os cuidados que eles devem ter, além dos dados do banco de emissão do boleto para conferência, dentre outras precauções. Essa é uma excelente forma de demonstrar a sua preocupação pela segurança da transação, além de ajudar seu consumidor a evitar o problema.

Contudo, caso a fraude ocorra, o melhor a fazer é auxiliar o cliente no contato com a instituição financeira para que os devidos procedimentos sejam tomados.

E você, já toma as devidas precauções para evitar a fraude do boleto bancário em seu e-commerce? Possui alguma dúvida em relação a isso? Aproveite os comentários abaixo e conte para a gente. Podemos ajudá-lo a lidar com essa situação!

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0
publicado por Renato Cruz em 12 jan 15