Cammino Digital

Os segredos para descrições de produtos em e-commerce

As descrições de produtos em e-commerce podem significar, muitas vezes, o fator decisivo na hora do cliente realizar a comprar ou decidir abandonar o carrinho. Se você já tem um e-commerce ou está pensando em criar um, saiba que as descrições dos produtos que a sua loja virtual vende possuem extrema importância e não devem ser feitos de qualquer maneira!

Em primeiro lugar, é importante destacar que quando falamos em descrições de produtos estamos nos referindo à base de conteúdo que qualquer site utiliza para informar, educar e até mesmo convencer os seus clientes de que o produto realmente é bom, atende as expectativas e é uma ótima compra.

Para que a descrição do produto seja realmente relevante é desejável se colocar no lugar do cliente e perguntar a si mesmo se, caso você fosse comprar tal produto, quais seriam as suas questões ou dúvidas em relação ao mesmo. É a descrição que vai oferecer ao possível comprador os argumentos e as razões suficientes para que ele se convença da compra. Seguindo o raciocínio, todas as descrições de produtos devem responder os seguintes questionamentos:

  1. “Do que se trata o produto?” ( ou “O que é esse produto?”)
  2. “Esse produto resolve que tipo de problema?”
  3. “Qual é o diferencial deste produto?”
  4. “Qual o material que ele é fabricado?”
  5. “Quem produz?”
  6. “Como é a utilização deste produto? (ou “Como ele funciona?”)

Qual a importância das descrições de produtos em e-commerce?

Provavelmente, nessa parte do texto, você já se convenceu de que as descrições de produtos para e-commerce são muito relevantes e que, talvez, possa ser o que está faltando para o seu e-commerce alavancar de uma vez, atraindo cada vez mais visitantes e conseguindo mais clientes! Vamos ver a seguir, de forma ainda mais detalhada, qual é a importância dessas descrições.

Motores de Busca (Google, Bing)

As descrições dos produtos possuem palavras chaves e as mesmas são utilizadas pelos motores de busca para atender os desejos dos indivíduos que fizeram determinadas consultas. Dessa forma, o seu site vai receber mais tráfego e, conseqüentemente, vai gerar mais vendas.

Usuários

Os usuários são os mais importantes, não é mesmo? São eles que podem se transformar em possíveis compradores. As descrições dos produtos feitas com informações ricas é um diferencial do ponto de vista do usuário, pois é capaz de gerar confiança, demonstrar profissionalismo e conhecimento, além de ser uma forma de mostrar que a empresa está comprometida com a qualidade dos seus produtos, assim como com os seus clientes.

Vale dizer, também, que boas descrições são capazes de fazer com que os canais de atendimento do e-commerce não fiquem cheios de dúvidas e questões que poderiam ser facilmente respondidas através de descrições com conteúdo relevante.

Como fazer uma descrição de produto para e-commerce?

Depois de compreender a importância das descrições, chegou o momento de aprender dicas para que elas sejam feitas de maneira que o objetivo final seja alcançado.

1. Opte por descrições objetivas

Esse não é o momento de inventar. Quando o cliente procura por um produto, ele quer ter informações precisas e objetivas sobre o mesmo. Forneça as informações essenciais e se foque em responder as possíveis questões que os clientes podem ter em relação ao produto.

2. Use as imagens de forma pensada

Atrelada ao texto, faça uso de boas imagens e, neste caso, a fotografia de produtos pode te ajudar. Esse tipo de fotografia é capaz de responder diversas questões que o cliente pode ter, auxiliando para que o texto fique ainda mais objetivo.

Use as imagens para transmitir tamanho e dimensões, de forma que dê parâmetro para o cliente comparar e ter ideia das proporções.

3. Formate

A formatação é importante para que o cliente consiga ler as informações, sem que haja dificuldade ou que se canse rapidamente. Ao formatar, é importante pensar a respeito do posicionamento do texto, das informações relevantes e o lugar em que vão se encaixar as imagens.

Para isto, opte por criar cabeçalhos, frases com palavras-chave, negrito em algumas palavras importantes e títulos chamativos.

4. Saiba quem é o seu público alvo

Ao escrever sobre um produto, é muito importante que você saiba para quem está escrevendo, ou seja, quem é a persona ou o público alvo da sua marca. Deste modo, você conseguirá entender quais são as dores, as frustrações, os problemas e os desejos de um público específico e não de um grupo de estranhos. A sua persona e o seu público alvo estão em busca de serem compreendidos. Pense nisso!

5. Tom de voz

Já que você conhece bem quem é o seu público, use um tom de voz que se conecte com ele. Por exemplo, se você vende moda principalmente para homens entre 18 e 28 anos, use a linguagem deles como as expressões da moda e gírias normalmente usadas.

Ao estabelecer um tom personalizado, o seu público vai se sentir ainda mais compreendido.

6. Use palavras sensoriais

O uso de palavras sensoriais é importante para que os sentimentos do leitor sejam atingidos. Essas palavras são capazes de fazer com que o cliente consiga imaginar o produto ao mesmo tempo em que está lendo o texto.

Palavras como “crocante”, “aveludado”, “inovadora”, “sutil”, “encorpado”, “único”, “sedoso” e “resistente” são alguns exemplos de palavras sensoriais. Claro que essas palavras vão depender das características do produto, mas tenha sempre em mente que o cliente vai preferir comprar um “mousse de chocolate com toque aveludado” do que apenas um “mousse de chocolate” ou um “tênis de corrida macio como algodão” do que um “tênis de corrida”.

7. Procure sempre melhorar e inovar

Sim! Essa é uma dica essencial. É importante que as suas descrições estejam sempre sofrendo alterações e inovações à medida em que for necessário. Uma boa maneira de começar a escrever descrições ou saber quais informações são relevantes de serem incluídas nas mesmas, é prestar atenção nos reviews e nas avaliações do seu e-commerce. Não se esqueça analisar os comentários positivos e os negativos!

Por exemplo, caso o seu e-commerce tenha recebido um review de um cliente dizendo que teve dúvidas na hora de comprar determinado tipo de laptop por não saber quanto tempo precisa carregar para que a bateria do mesmo fique completa, você já sabe que essa é uma informação relevante para os clientes e que é necessário que esteja na descrição do produto.

Conclusão

As descrições de produtos para e-commerce são essenciais e decisivas na hora do possível comprador decidir sobre clicar em “comprar” ou simplesmente abandonar o carrinho. Além disso, elas são capazes de transmitir segurança, confiança e comprometimento da empresa em relação ao seu consumidor.

Lembre-se sempre que o primeiro passo é conhecer de forma profunda o produto que está vendendo, pois é a partir dessa premissa que será possível que as descrições dos produtos do seu e-commerce sejam verdadeiras, autênticas e, principalmente, eficazes!

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0
publicado por Renato Cruz em 17 dez 18