Cammino Digital
trafego-ecommerce

Tráfego, o oxigênio que seu e-commerce precisa

Quando você está andando no shopping e vê uma loja às moscas, onde só existe a vendedora atrás de um balcão aguardando que um cliente entre pela porta, você logo se pergunta – como esse comércio sobrevive assim, sem nenhum cliente? O mesmo acontece no e-commerce, é preciso pessoas visitando sua loja para movimentá-la e fazê-la vender.

Uma loja virtual “cheia” é aquela que recebe o acesso de vários usuários, ou seja, quanto maior for o tráfego mais chances o lojista tem de vender e de ser bem sucedido em seu empreendimento online.

Especialmente no e-commerce, um tráfego qualificado é extremamente importante, tanto para o seu crescimento quanto para a sua sobrevivência, funcionando como o oxigênio que impulsiona a vida do negócio. Sem o tráfego, o lojista de um e-commerce se sufoca, da mesma forma que uma loja do shopping, que vive vazia, entrará em falência mais cedo ou mais tarde.

Então, o primeiro passo é atrair clientes para que sua loja virtual tenha um tráfego de qualidade, gere uma boa quantidade de visitantes para que tenham um primeiro contato com a sua oferta e se tornem potenciais clientes.

Contudo, você deve estar se perguntando: como gerar um bom tráfego no meu e-commerce?

Saiba que existem diferentes formas de adquirir tráfego qualificado em seu e-commerce e é interessante trabalhar todas elas, ou quantas puder, para obter o melhor resultado possível. Vamos às dicas!

Tráfego orgânico: o bom e velho tradicional

Os acessos orgânicos são gerados espontaneamente, mas para isso, é preciso criar um motivo forte para levar os clientes para a sua loja. A ideia aqui é trabalhar o marketing de conteúdo.

Você pode criar um blog que ofereça informações realmente relevantes, que passem credibilidade para o seu público, e depois trabalhar formas de otimizar a indexação dos seus artigos usando as ferramentas de SEO (Otimização em resultados de busca). Lembre-se de escolher artigos com temas realmente importantes e com títulos que atraiam os cliques.

Existem ferramentas que ajudam a entender quais assuntos geram maior interesse e tráfego, como a Keyword Tool do Google e SemRush, por exemplo.

E-mail marketing

Para trabalhar com e-mail marketing, parece óbvio que você já precisa ter uma relação de endereços de e-mail, mas não pense que comprar aquelas listas com milhares de e-mails aleatórios irá te ajudar a movimentar o tráfego em seu e-commerce. Este é um trabalho de construção de uma base de dados só sua, e apesar de levar certo tempo, agrega muito mais qualidade às suas ações.

Para criar uma boa base de dados para trabalhar, peça para seus clientes informarem seus melhores endereços de e-mail a fim de receberem newsletters, ebooks, ou outros tipos de materiais gratuitos, por exemplo.

A partir daí, você poderá divulgar email marketing por segmento, fidelizar o tráfego e fazer com que seu e-commerce se torne mais expressivo. Apenas cuidado para não bombardear seus clientes com muita informação, pois dessa forma tudo o que você poderá ganhar será um grande “opt-out”. Hoje existem diversas soluções para envio de e-mail marketing de acordo com as boas práticas de mercado e podemos destacar a nacional Mail2easy e as gringas Mailchimp e Campaign Monitor, sendo que todas elas permitem uma avaliação gratuita.

Há alguns dias escrevemos um artigo com 12 dicas detalhando as melhores técnicas para você aumentar consistentemente sua base de contatos, dê uma conferida para ter mais clareza nesse ponto.

Social media

Uma conta movimentada no Instagram e uma Fanpage no Facebook, por exemplo, poderão trazer likes, curtidas, compartilhamentos e comentários favoráveis sobre a sua loja, atraindo mais clientes. Para isso, é interessante gerar conteúdos exclusivos, a fim de fortalecer a sua autoridade e expertise no seu ramo de negócio, tornando-se cada vez mais uma referência para clientes e outras empresas do mesmo segmento.

Para facilitar a publicação de conteúdo, atender as mensagens e comentários, as ferramentas de gestão de mídias sociais são fundamentais nesse processo, poupando um tempo valioso.

Cupons de descontos

Os cupons de desconto, que podem ser oferecidos em sites especializados, são formas amigáveis de atrair clientes para a sua loja virtual. Todos gostam de descontos e muitas vezes as pessoas se sentem motivadas a não perder a chance de adquirir algo em condições vantajosas.

Alguns sites especializados que são uma boa oportunidade de gerar tráfego ao mesmo tempo que poupa uma grana para o seu cliente, são: Meliuz, Save.me, Cuponomia, Picodi, Buscadescontos, entre tantos outros.

Para oferecer o seu cupom, faça o cadastro nas plataformas e aguarde instruções e a inclusão do seu desconto.

Comparadores de preços

Esteja presente em sites comparadores de preço, como o Google Shopping, Buscapé, Bondfaro e Zoom. Mesmo que seus concorrentes ofereçam condições mais vantajosas do que você, esta é uma boa forma de estar em evidência e de convidar as pessoas para acessarem a sua loja.

Referência em outros sites

Quando você começa a estar em evidência dentre as várias opções de e-commerce, você começa a ser uma referência para outros sites, tanto na criação de conteúdos relevantes quanto na qualidade do seu negócio, com isso, outros endereços poderão divulgar links de sua página e do seu blog, ampliando o seu tráfego.

Use ferramentas como o Buzzsumo para encontrar influenciadores que linkam e compartilham conteúdos relacionados à sua área de atuação. Encontrando os perfis certos, você poderá manter contato e também solicitar um link para algum conteúdo relevante que você tenha publicado em seu site.

Indicação de clientes

Quando uma pessoa vai até uma loja onde gosta do atendimento, dos produtos e da experiência de compra, ela indica para outros amigos, certo? Quando ela tem uma experiência ruim, ela também alerta seus conhecidos sobre os problemas que teve, e não indica o local. Dessa forma, uma boa experiência de navegação e entrega gera boas indicações, podendo trazer para o seu e-commerce um aumento gradual no tráfego.

Mídia paga

A mídia paga utiliza vários meios para colocar o seu e-commerce em evidência e atrair acessos. Os links patrocinados, por exemplo, são anúncios pagos exibidos em sites de pesquisa como o Google ou o Bing. Neles você paga apenas por cada clique no seu anúncio, o que é uma excelente forma para quem busca uma projeção rápida entre consumidores em potencial.

Outra forma de mídia paga, é fazendo publicidade em sites e blogs que tenham a ver com o seu negócio e que possuam um pagerank alto. Trabalhar com Rede Display também pode render bons cliques em sua loja, este formato de publicidade é feito por banners inseridos na rede de sites e aplicativos parceiros do Google, sendo que a cobrança, geralmente, é feita a cada mil exibições (CPM). Tudo vai variar de acordo com a verba que você tem para investir nestas ações.

Dentro das mídias sociais também é possível realizar campanhas pagas, impulsionando postagens importantes ou criando algum anúncio específico, trazendo ainda mais tráfego para o seu e-commerce.

Publicidade tradicional fora da internet

Para trazer tráfego para o seu e-commerce, você não precisa restringir a sua divulgação somente nos meios online. A publicidade tradicional nas mídias impressas e na televisão também poderá te ajudar muito a se tornar conhecido, porém, caberá a você decidir se quer investir neste tipo de comunicação, que costumam ter valores e patamares pré-estabelecidos para a veiculação de anúncios.

E então, o que achou das dicas para aumentar o tráfego no seu e-commerce? Conte pra gente o que você tem feito para atrair clientes. Compartilhe este post com seus amigos e bons negócios!

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0
publicado por Renato Cruz em 02 fev 17

Comente este artigo

Outros artigos relacionados

Entenda o funil de marketing e venda mais no E-commerce