Cammino Digital

8 pontos-chave para ter um e-commerce fantástico

Avaliar a qualidade de uma plataforma de e-commerce vai muito além do layout.

Existem requisitos mínimos que devem ser cumpridos para que a sua loja virtual não perca clientes e negócios por falta de estrutura e recursos.

Para quem não é da área ou está começando agora, saber avaliar se o seu e-commerce está legal é bem difícil, pois muitos aspectos estão debaixo do “capô” e não ficam à mostra.

Este artigo tem o objetivo de explicar os 8 itens que são fundamentais estarem bem refinados pra que a sua plataforma de loja virtual seja uma TOP de linha.

Fique atento e acompanhe comigo:

 

1) Velocidade

Vivemos um tempo de imediatismo. Quanto mais ágil a plataforma de e-commerce, mais facilmente o cliente encontrará o que precisa e mais chances de fechar o pedido.

A velocidade de carregamento das páginas é essencial para que você mantenha seu cliente satisfeito, navegando no seu e-commerce por mais tempo e visualizando seus produtos com tranquilidade.

O seu e-commerce não deve ser rápido apenas em computadores desktops, onde provavelmente será acessado através de uma conexão rápida, mas você também deve entregar uma loja virtual rápida nos dispositivos móveis, naquelas conexões 3G, isso quer dizer que o seu site deve ser ninja em qualquer situação.

Pra ter uma ideia de como você está saindo na foto, faça um teste agora. O Google dispõe de uma ferramenta especialmente para isso: Google Test My Site

 

2) Navegabilidade

Uma interface intuitiva permite que seu visitante navegue com facilidade e encontre rapidamente o que precisa.

Essa facilidade na navegação se resume basicamente em entregar aquilo que o seu cliente precisa com o mínimo de esforço necessário por parte dele.

Quando ele consegue o que quer, a chance de fechar o pedido é alta, concorda?

Identifique qual é o perfil do seu cliente ideal e selecione algumas pessoas dentro desse “target” para te ajudar num pequeno teste de usabilidade. Peça para que estas pessoas encontrem um determinado produto e façam a compra. Observe tudo sem dar nenhuma ajuda ou esboçar reação. Apenas anote.

Você verá como elas usam o seu site e vai encontrar alguns gargalos que estão impedindo que tenham uma ótima experiência de compra.

Lojas virtuais confusas e que não apresentam uma estrutura clara de navegação ou que agrupam os produtos em categorias que não fazem muito sentido, estão deixando de atender seus clientes e perdendo conversões.

 

3) Responsividade ou Mobile Friendly

Ter um e-commerce responsivo significa estar presente na vida do seu cliente a qualquer hora, em qualquer lugar.

Com um e-commerce que funcione perfeitamente tanto em desktops quanto em celulares, é certo que fechará mais pedidos.

Verifique se a plataforma contratada, ou o layout produzido, oferece essa flexibilidade. Quer saber se o seu site é compatível com celulares? Novamente, faça o teste agora. O Google tem o Mobile Friendly Test para te dar esta resposta.

 

4) Disponibilidade ou Uptime

Quanto tempo essa plataforma permanece no ar sem interrupções? É importante saber isso para não ter o seu e-commerce indisponível frequentemente.

Obviamente você não encontrará uma plataforma que tenha uma taxa de disponibilidade de 100% (caso encontre, desconfie), mas as plataformas com maiores índices devem ser privilegiadas.

 

5) Mais formas de pagamento

Oferecer diversas formas de pagamento aumenta suas vendas e deixa o cliente mais satisfeito com as várias possibilidades: cartão de crédito, boleto, débito, transferência, 2 cartões, etc.

Investir em plataformas com poucos recursos de pagamento é limitar o poder de compra do cliente, o que prejudica o seu negócio.

Atualmente é comum encontrar plataformas que já oferecem múltiplas integrações ou te coloca em contato com um intermediador que cuidará de tudo por você, como é o caso do PagSeguro, MercadoPago, Moip, PayU e tantos outros similares.

Aqui, ainda sobre pagamentos, vale destacar a importância de se ter o checkout inteiro dentro do seu ambiente. Isso é: não permita que o cliente saia da sua loja virtual para finalizar o pagamento. Além de derrubar a taxa de conversão, por criar mais uma etapa durante o pagamento, esse comportamento impede que você explore campanhas de remarketing e outras estratégias de recuperação de carrinhos abandonados. Fique atento!

 

6) Regras especiais

Um bom e-commerce permite que você explore e crie regras especiais para seus clientes. Como a competitividade online é bem alta dependendo do seu segmento, oferecer algumas condições comerciais vantajosas é mais um apelo que você poderá usar para aumentar vendas.

Veja se é possível gerenciar descontos em fretes, fretes grátis por região, cupons de desconto, desconto em vendas por tipo de cliente, são algumas regras que podem fazer a diferença.

 

7) Marketplaces

Ter o e-commerce integrado à um Marketplace (ou vários) é muito vantajoso e sem dúvidas, é mais um ponto-chave para o sucesso.

As principais vantagens são:

Verifique se a plataforma permite a integração com Marketplaces e vá em frente.

Hoje existem parceiros que funcionam como Hub e integram o seu e-commerce em vários players ao mesmo tempo. Eles não dispensam a negociação e o contrato com cada Marketplace, mas já te facilitará toda a tecnologia de integração de catálogo, estoques e pedidos.

 

8) Integrações diversas

Outras integrações são fundamentais para que você escale a sua operação e cresça de forma segura e constante.

Aqui vale destacar as integrações com parceiros logísticos, que vão aumentar as opções de entrega aos seus clientes e as soluções ERPs, para facilitar a gestão integrada de todos os departamentos.

Vou citar estes 2 pontos para falar das mais convencionais, porém podem surgir inúmeras integrações dependendo das escolhas que fizer mais sentido para você.

 

Conclusão

É claro que aqui constam os 8 pontos fundamentais para que qualquer plataforma de e-commerce seja incrível, mas se a sua operação for de nicho, como um clube de assinatura de cervejas artesanais ou um e-commerce de contratação de planos de saúde, é bem provável que você irá precisar avaliar outros pontos bem peculiares.

E então, conseguiu avaliar se a sua plataforma de e-commerce possui esses requisitos? Se está completa em todos estes pontos, parabéns! Você tem a máquina ideal para vender seus produtos.

Assine nossa newsletter e deixe um comentário com suas sugestões a respeito!

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0
publicado por Renato Cruz em 18 jul 15