Cammino Digital

Dicas para uma boa gestão de estoque no e-commerce

Quando a questão é o estoque, principalmente em pequenas e médias empresas, é de suma importância encontrar um bom equilíbrio. Os dois extremos devem ser evitados: nenhum lojista deve operar com estoque baixo, por risco de indisponibilidade de mercadoria para venda, ou com estoque alto demais, para evitar um excesso de capital parado desnecessariamente, agregando cada vez mais aos custos da empresa e cada vez menos às receitas líquidas. Além disso, um controle ineficiente de estoque pode proporcionar às empresas duplicidade de registros, causando distorções em todos os balanços.

Veja abaixo como gerenciar o estoque de sua empresa de forma eficiente em 5 ações!

1 – Planejamento

É imprescindível conhecer a fundo seus produtos e fornecedores. Tenha dados sobre quais itens têm maior e menor giro e qual o período que um fornecedor demora, em média, para entrega de unidades adicionais dele. Dessa forma, você consegue se planejar de maneira melhor para encontrar a quantidade eficiente de cada mercadoria que vale a pena deixar estocado.

2 – Fornecedores

Prefira fornecedores que, além de oferecerem bons preços e qualidade, obviamente, também sejam comprometidos e de confiança. Mesmo operando com uma quantidade eficiente de estoque, imprevistos acontecem, principalmente se a variação da sua demanda for muito alta. Fornecedores com credibilidade e uma boa flexibilidade de entrega podem evitar que você tenha que ver um cliente saindo de sua loja sem comprar nada por falta de produtos para pronta entrega.

3 – Softwares

Certamente, a maneira mais fácil e eficiente de controlar o estoque de sua empresa é com o auxílio de um bom software de gestão. Recomenda-se que o software possua, no mínimo, os seguintes recursos:

Se necessário, adicione campos específicos para as particularidades do seu negócio. Além disso, utilize documentos como as notas fiscais, por exemplo, para o devido preenchimento de cada campo.

4 – Espaço físico

Faça uma boa avaliação do seu espaço físico e preze por uma alocação dos móveis de forma a aproveitar ao máximo o tamanho do ambiente.

Outra dica aqui é não economizar no quesito organização: cada tipo de material deve ter o seu lugar e cada lugar deve ter sua devida localização bem informada. Ex: Armário 1 – Estante C. Toda a descrição deve ser padronizada de forma a melhorar a organização e tornar mais rápida e eficiente uma busca no estoque.

5 – Sistema de gestão

Escolha o modelo de gestão de estoque mais eficiente para o seu negócio específico. Como a reposição será feita? Para algumas empresas é mais vantajoso operar com reposição ao atingir o estoque mínimo, desconsiderando o período entre as reposições. Outras operam com reposições periódicas, uma vez que já é bem conhecido o tempo eficiente dessa necessidade.

Dessa forma, quando a intenção é reduzir os custos de sua empresa e, consequentemente, aumentar os lucros e/ou tornar-se mais competitiva, um gerenciamento eficiente de seu estoque certamente pode ser um dos pontos cruciais a serem explorados — e merecem a devida atenção.

Como é gerenciado o estoque na sua empresa? Tem outras dicas importantes para compartilhar? Deixe um comentário e divida com a gente a sua experiência!

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0
publicado por Renato Cruz em 27 jul 15