Cammino Digital

O que você NÃO deve fazer em Email Marketing

Um dos mais importantes canais de comunicação com o cliente, o e-mail marketing pode ser a estratégia que faltava para que o seu negócio atinja um grande retorno, mas pode ser também o fator determinante para que os seus esforços sejam em vão. Isso significa que um planejamento estratégico de e-mail marketing precisa ser realizado de maneira profissional, atentando-se para diversos quesitos imprescindíveis na hora de estabelecer um diálogo com a sua base de dados.

O e-mail marketing pode trazer um ROI de até 4.300%, segundo pesquisa da Direct Marketing Association. Você já está usando todo esse potencial da maneira certa? Listamos abaixo o que você NÃO deve fazer no e-mail marketing, pois assim fica mais fácil de ser bem-sucedido nessa estratégia.

Segmentação sem critério

A segmentação dos públicos para o e-mail marketing é fator determinante para que a sua estratégia seja bem-sucedida, pois assim você seleciona o conteúdo mais adequado para os clientes. Não basta segmentar apenas etnograficamente, é preciso ir além e categorizar por hábitos de consumo, preferências e interesses. Quanto mais você souber a respeito do cliente, melhor será a sua comunicação e melhores serão os resultados.

Enviar e-mail marketing sem permissão

Ao enviar e-mails marketing para a sua base de dados sem permissão, você está sendo invasivo, contribuindo para que a sua iniciativa vá diretamente para a lixeira ou para a caixa de spam. Este é um dos principais motivos de fracasso de campanhas de e-mail marketing, pois os provedores de e-mail possuem filtros cada vez mais especializados para banir mensagens indesejadas na caixa de entrada.

Enviar mensagens sem relevância

O e-mail marketing é complementado com uma boa estratégia de marketing de conteúdo, ou seja, é preciso ofertar personalização e exclusividade com conteúdo de qualidade. Ao encher a caixa de entrada do seu cliente com informações que não agregam valor, você está desperdiçando uma oportunidade de diálogo importantíssima, portanto, se não há o que dizer, planeje-se para escolher bons conteúdos para envio.

Deixar de personalizar as mensagens

A personalização das mensagens enviadas no e-mail marketing é o que determina o grau de interação do receptor com o seu conteúdo. Se a mensagem não tem a ver com o perfil dele, será ignorada imediatamente. Sendo assim, quanto mais personalizada a mensagem, maiores as chances de você obter uma conversão com o seu e-mail marketing. Trabalhe muito bem este ponto!

Descontinuar o envio

Ao traçar uma estratégia de e-mail marketing é preciso determinar a periodicidade dos envios, a qual deve ser mantida. Ao descontinuar a comunicação com o seu cliente você está quebrando um elo de credibilidade e confiança, perdendo força perante sua base.

Deixar de disponibilizar outras formas de contato

O e-mail marketing é extremamente eficiente na comunicação com o cliente, mas não significa que deva ser sua única estratégia. Integrar ao e-mail marketing botões de compartilhamento e links para outras plataformas da empresa gera interesse por parte do internauta e faz com que ele interaja de diversas maneiras com a sua marca, aumentando a visibilidade e audiência da empresa.

Ocultar a opção Opt-out

A internet quebrou paradigmas com relação à publicidade online, trazendo benefícios para ambos os lados, empresas e clientes. Atualmente é o público quem decide que tipo de publicidade quer ver, portanto, não acabe com esse direito. Deixe à vista no seu e-mail marketing a opção para que ele deixe de receber suas mensagens. Aproveite o momento para perguntar o porquê do desinteresse, visando melhorar os seus serviços para retomar o relacionamento com essa pessoa.

Deixar de acompanhar os resultados

Quando você lança uma campanha de e-mail marketing, deve ter objetivos bem traçados, com resultados a serem alcançados. Seja o aumento de leads, gerar mais tráfego para o seu site ou ainda aumentar as vendas. Se não houver um acompanhamento diário do desenvolvimento das estratégias e dos resultados obtidos, como saber se o seu investimento valeu a pena?

Agora que você já sabe o que não fazer no e-mail marketing, que tal rever sua estratégia e conferir se não há nada de errado? E em caso de dúvidas ou sugestões, fale com a gente!

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0
publicado por Renato Cruz em 20 out 14