Cammino Digital

Que tal usar vídeos para promover a empresa ou produto?

O vídeo é uma das formas de mídia mais consumidas hoje no mundo e já podemos observar o aumento do seu consumo nas redes sociais. No Facebook, por exemplo, a maior parte das publicações de sucesso em páginas e perfis pessoais é em vídeo, e o Twitter recentemente lançou sua ferramenta de edição e publicação de vídeos nativa — isso sem falar do Vine e a adoção do formato pelo Instagram.

Naturalmente, empresas e marcas de todos os segmentos estão de olho em maneiras de usar audiovisual em suas estratégias de marketing e envolver mais clientes com conteúdo desse tipo. Conheça as principais dicas de como usar vídeos para promover sua empresa ou produto e comece já a obter os benefícios de um conteúdo de qualidade na sua presença on-line:

Abuse das redes sociais

As redes sociais são o caminho mais natural para quem quer utilizar vídeos na sua estratégia digital. Além dos já citados Facebook, Twitter, Vine e Instagram, existe outra plataforma com potencial ainda maior de envolver clientes e usuários da internet com conteúdo audiovisual: o YouTube.

Além de ser uma ferramenta voltada especificamente para a publicação, compartilhamento e consumo de vídeo, o YouTube ainda é o segundo maior mecanismo de buscas de toda a web, sendo superado apenas pelo Google. Ou seja, independente do seu nicho de atuação, o YouTube é provavelmente o canal onde sua empresa deseja estar.

Explore as características de cada canal

No próprio YouTube, ou no Facebook e Twitter, os vídeos podem ter duração maior e explorar a capacidade de compartilhamento dos usuários com humor e curiosidades, produções benfeitas e uso do storytelling. Já no Instagram, por exemplo, é indicado promover vídeos de bastidores, trechos e cobertura de eventos ao vivo, teasers e conteúdo improvisado — não esqueça que o Instagram hoje aceita vídeos de, no máximo, 15 segundos.

Já o Vine é um canal totalmente único. Seus vídeos têm, no máximo, 6 segundos, e são exibidos sempre em loop (continuamente), características que acabam privilegiando a criatividade e o bom humor. A curta duração dos vídeos pode se tornar uma excelente ferramenta de fixação de uma mensagem para o usuário, já que em um minuto ele pode ver o vídeo 10 vezes e ainda compartilhar com seus amigos — se for divertido o bastante.

Humor é uma boa alternativa

Alguns fatores incentivam o compartilhamento de vídeo pelos usuários da web: curiosidade (fatos pouco conhecidos ou novidades tecnológicas, por exemplo), bizarrices, utilidade e humor. Esse último é um dos principais motivos pelos quais os brasileiros adoram a internet, então, por que não dar a eles o que eles querem? Vídeos engraçados são muito mais compartilhados do que outros tipos de conteúdo on-line, e há maneiras excelentes de explorar o humor na hora de falar do seu produto ou serviço, cativando o público e atraindo novos consumidores.

Apenas tome cuidado com temas polêmicos e com a imagem da sua marca. Evite cair no ridículo ou ser alvo de críticas que podem minar a sua imagem na rede.

Agora, é hora de pensar em ideias para divulgar sua empresa ou produto usando os vídeos. Já pensou em bater um papo com um pessoal que já tem feito isso para obter alguns insights? Faça pesquisas com seu público-alvo e teste diferentes abordagens e conteúdos para ganhar espaço e destaque no mercado!

Sua empresa já investe em vídeos como estratégia de marketing? Conhece algumas dicas que podem bombar os vídeos e quer compartilhar com a gente? Comente por aqui!

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0
publicado por Renato Cruz em 08 set 15