Cammino Digital

Segurança no e-Commerce: com o que você precisa se preocupar?

Segurança da informação é um assunto que corriqueiramente cai no esquecimento de profissionais que atuam com e-commerce e vendas na internet, por ser um tanto quanto complicado e custoso. Contudo, se você analisar os benefícios trazidos por uma política de segurança de dados com os problemas que a falta dela podem causar, certamente verá que o investimento não é tão alto assim.

É essencial ter uma política de segurança de dados. Ainda tem dúvidas sobre o tema? Vamos mostrar com o que é necessário preocupar-se para não ter problemas como vazamento de informações de seus clientes e invasões ao seu sistema, prejudicando sua operação e, consequentemente, seu retorno financeiro.

Obtenção de certificado Digital SSL

É o recurso que faz aparecer o cadeado na barra onde aparece o nome do seu site, ou seja, que torna a conexão entre o cliente e o seu e-commerce segura. Ele deve ser usado em páginas que solicitam dados pessoais do cliente, como CPF, número do cartão de crédito e senhas. O certificado digital SSL criptografa estas informações, fazendo com que o único mecanismo que consiga lê-las seja o seu servidor, protegendo seu cliente na hora da compra.

Muitos consumidores já estão atentos à essa tecnologia, verificando se a loja virtual possui mecanismos de segurança de dados antes de efetuar uma compra. Este é um dos motivos pelos quais grandes empresas da internet continuam mantendo seu monopólio, pois pequenos empreendedores acabam deixando a segurança de lado.

Faça a análise de Vulnerabilidade na loja

Buscar e corrigir possíveis falhas na sua loja virtual é uma das medidas com as quais você deve se preocupar ao estabelecer políticas de segurança de dados para o seu e-commerce. Por meio da análise de vulnerabilidade na loja, é possível evitar que haja vazamento de informações e ataques a sua plataforma.

As vulnerabilidades mais encontradas em e-commerces são SQL Injection, Cross Site Scripting – XSS, Cross Site Request Forgery e Session Hijacking. Essas e outras vulnerabilidades podem ser sanadas com a contratação de uma empresa especializada para realizar a análise, melhorando assim a segurança do seu e-commerce.

Faça a análise de vulnerabilidade de infraestrutura

Esse tipo de análise serve para descobrir falhas no ambiente em que a loja está hospedada, como servidores, sistemas operacionais e dispositivos de rede. Para ter uma melhor segurança de dados no seu e-commerce, é preciso implantar políticas de acesso por meio de níveis de informação, armazenagem de logs no sistema de forma detalhada, instalar firewalls e antivírus, realizar atualizações de software periodicamente e também backups diários.

Fique atento ao armazenamento de dados sensíveis

Armazenar dados de clientes é um assunto sério, que pode trazer implicações legais para o e-commerce que não investir em segurança de dados. Com o vazamento de informações como número de cartão de crédito, seu cliente está sujeito a fraudes, o que pode acarretar em responsabilização civil e criminal para a sua loja virtual.

Pensando nisso, a Payment Card Industry Data Security Standard – PCI DSS, um comitê criado pelas empresas administradoras de cartões de crédito, criou um padrão mundial de segurança da informação para empresas que utilizam pagamentos com cartões, visando manter a segurança dos dados dos clientes. De acordo com este comitê, nenhuma empresa deve armazenar dados de cartões de crédito, seja em servidores ou em meios físicos. A exceção é pela bandeira do cartão de crédito e os quatro últimos dígitos do cartão. Seguindo as recomendações do PCI DSS, você tem a garantia de estar agindo de acordo com o que há de melhor em segurança de dados críticos.

Conte com o Disaster Recovery

Mesmo tomando todos os cuidados para que não haja nenhum tipo de vazamento de informações no seu e-commerce, ter em mãos um plano de recuperação de desastres é essencial para que você esteja prevenido em qualquer situação. O Disaster Recovery é um plano de gerenciamento de crises, que dá um passo a passo de como o seu e-commerce deve agir caso haja algum tipo de desastre de hardware ou software, permitindo que a sua loja virtual continue operando normalmente ou que recupere sua funcionalidade o mais breve possível.

Problemas com segurança da informação causam não só impactos financeiros para o seu negócio como também mancham a sua reputação na rede, um ativo difícil de recuperar. Portanto, fique atento às novas tecnologias de blindagem de sites e análise de vulnerabilidades, contando sempre com um profissional qualificado para investigar o que pode ser feito para garantir a segurança do seu cliente.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0
publicado por Renato Cruz em 13 out 14